Tudo o que você precisa saber sobre “Dinastia Kang” e “Guerras Secretas”

Marcados, respectivamente, para 2 de maio e 7 de novembro de 2025, Dinastia Kang e Guerras Secretas encerrarão a Fase Seis com chave de ouro

Recentemente, nos últimos momentos da San Diego Comic-Con 2022, a Marvel decidiu anunciar os novos lançamentos, que incluem a chegada de dois títulos incrivelmente épicos, com cenas impecáveis, uma ótima oportunidade para elevar o nível das produções.

Leia mais: Presidente da Marvel diz que gostaria de ver Ryan Gosling em longa

Se seguirem completamente os quadrinhos, é claro. Marcados, respectivamente, para 2 de maio e 7 de novembro de 2025, Dinastia Kang e Guerras Secretas encerrarão a Fase Seis com chave de ouro. Confira mais alguns detalhes abaixo:

Para aqueles que não conhecem, a “Dinastia Kang”, arco de Kurt Busiek, Alan Davis, Kieron Dwyer, Ivan Reis e Manuel Garcia lançado entre 2001 e 2002 terá como atração principal a grande derrota Vingadores e, principalmente, da humanidade.

No contexto dos quadrinhos, Kang, o Conquistador, e seu filho, o Centurião Escarlate, começam a manipular vilões e alguns Deviantes para alcançar sua grande ambição de conquistar territórios, mesmo que cause a queda de muitas nações e exile alguns dos Heróis Mais Poderosos da Terra no espaço.

Mas, como sempre é esperado, o jogo acaba virando e a equipe comandada por Capitão América encerra o arco derrotando o ditador do futuro.

Porém, isso apenas acontece depois que milhões de pessoas são mortas.

Ao que diz respeito a “Guerras Secretas”, há duas versões, uma desenvolvida em 1984 e uma criada em 2015 por Jonathan Hickman e Esad Ribić. Segundo o que se acredita, os cinemas irão adaptar a versão desenvolvida em 2015.

Nesse arco, veremos Victor von Doom, o Doutor Destino se aproveita de uma incursão entre a Terra-616, o universo popularmente conhecido do MCU, e a Terra-1610, mais conhecida pelo nome de Universo Ultimate, para saciar seu desejo de se tornar uma entidade onipotente.

No momento em que isso acontece, o vilão passa a desenvolver uma realidade completamente alternativa, na qual ele governa como soberano, “deus Imperador”. Mas, enquanto tudo isso acontece, os heróis e vilões dos dois universos, encontram uma maneira de se rebelar e derrotá-lo.

Passou a haver uma grande expectativa em relação às produções no momento em que a Marvel prometeu mostrar um período bem complicado para os Vingadores do que visto em “Guerra Infinita” e “Ultimato”.

você pode gostar também
Comentários