O método imersivo de Jared Leto em suas atuações

O diretor de Morbius já havia notado o talento do ator e predestinado Jared para o papel desde 2019. Confira!

Todos que gostam do trabalho de Jared Leto, sabem que o ator gosta do método imersivo, inclusive, sua atuação em Morbius não foi diferente. Isso não significa que Leto tenha provado sangue, nem que tenha dado presentes estranhos nos bastidores do longa, como foi feito em Esquadrão Suicida.

Leia mais: Revelado o segredo de Jared Leto

Em maio de 2019, Daniel Espinosa, o diretor do longa, mostrou-se impressionado com a abordagem do ator ao papel e muito agradecido pelos benefícios que ele trouxe a produção.

“Você vê o quanto ele trabalha para se transformar fisicamente no personagem, é algo que nunca vi antes. Foi um prazer porque ele realmente se tornou o personagem”.

O diretor se impressionou com o comprometimento de Leto, o que o fez, tempos depois, dizer que o ator estava predestinado a interpretar Morbius.

Ao sentar com Leto para discutir o lançamento, ele não deu indicou sua posição ao diretor, no entanto, admitiu que não foi tão complexo dar vida ao médico que vira vampiro.

“Meu interesse em me transformar, estar em trabalhos imersivos e explorar o lado sombrio das personagens ajudou muito aqui. Olhando em retrospecto, eu diria que foi a oportunidade perfeita para mim”, disse Jared.

Adria Arjona, que foi sua parceira de gravação e viveu Martine Bancroft no filme, ficou surpresa com o desafio. Em entrevista no ano de 2019, ela contou que achou desafiador, o que a fez se adaptar a uma nova forma de trabalhar, ainda comentou que nunca conheceu o Jared de fato, apenas o Morbius.

“Assisti-lo se preparar e sua dedicação ao personagem fez com que eu me questionasse sobre como eu me preparo. Fez com que eu me sentisse meio m*rda”, brincou.

Após três anos passados, Arjona disse que já conhece Leto. “Pouco depois das filmagens a gente foi tomar um café para conversar, tipo ‘a gente fez um filme junto, não é demais?’. E eu o adorei. Ele é muito bacana e, claro, muito diferente do Dr. Morbius”.

“Nós dois somos profissionais e nos encantamos tanto por esses personagens que isso fez tudo fluir. A base da relação entre a Martine e o Morbius é o respeito.

Por isso, nós, enquanto atores, trabalhamos em prol um do outro, o que nos ajudou a estreitar os laços. Além disso, o fato dele mergulhar no personagem meio que definiu o tom de tudo, meio que te convidava para esse universo.

É parte do processo dele e a gente tem de mergulhar junto. Eu mergulhei e fico feliz de ter feito isso”.

Caso você esteja com vontade de conferir o método de Leto, corra para assistir Morbius!

você pode gostar também
Comentários