Justin Bieber acrescenta a lista negra da Ferrari; saiba mais

Saiba mais o motivo por trás desta atitude

Justin Bieber é o novo nome na lista de pessoas que são proibidas de comprar e dirigir veículos da marca Ferrari, ao lado de celebridades como Nicholas Cage, 50 Cent e Kim Kardashian.

Leia mais: Cantora Lizzo quase fez papel de vilã em A Pequena Sereia 

Tudo isso porque negligenciou sua Ferrari 458 Italia F1 Edition 2011, que tem valor equivalente a R$ 2,3 milhões. Além disso, Justin Bieber desrespeitou o contrato com a marca, entenda:

Tudo começou em 2015, quando o cantor perdeu sua Ferrari enquanto participava de um evento que acontecia em Beverly Hills. O Bieber acabou esquecendo onde estacionou o veículo e não se preocupou em procurar, encontrando após semanas.

Ele também se meteu em polêmicas quando teve o veículo customizado no programa West Coast Customs. Sua Ferrari 458 – que antes era branca – foi pintada de azul eletrificado, além de passar a carregar rodas de liga leve de metal, um sistema de som de 2 mil watts e um bodykit com parafusos aparentes da Liberty Walk.

O pior é que nem o cavalinho da marca conseguiu se livrar das customizações do canadense, que mudou a cor do cavalinho do volante de preto para azul.

Como se isso não bastasse, ele desrespeitou o contrato que tinha com a marca, quando leiloou sua Ferrari sem autorização da montadora. Isso é considerado uma grave ofensa para a marca, que mantém um contrato que os compradores assinam na compra de Ferraris, que permitem que a fabricante possa recomprar o veículo nestes casos.

Este conjunto de ofensas fizeram com que a marca de veículos luxuosos excluísse Justin Bieber de seus compradores.

você pode gostar também
Comentários