Diretor afirma que James Bond de Sean Connery era um estuprador

O diretor de Sem Tempo para Morrer afirma que o James Bond de Sir Sean Connery era um estuprador. Cary Fukunaga em uma entrevista ao portal Variety, afirmou que o James Bond de Sean Connery estuprou uma mulher em um dos filmes de 007.

Fukunaga é o diretor do próximo filme ‘Sem Tempo Para Morrer‘ e comentou sobre como atualizar Bond para o mundo de hoje:

Eu não me lembro se era em 007 Contra a Chantagem Atômica ou 007 Contra Goldfinger… mas há uma cena em que o Bond de Sean Connery basicamente estupra uma mulher. Ela diz ‘não, não, não’, e ele responde ‘sim, sim, sim’. Isso não seria bem recebido hoje.

Esse trecho citado pelo diretor se passa em ‘007 contra Goldfinger‘:

James Bond
A cena polêmica de 007 contra Goldfinger

Assista a cena no Youtube, após confirmar sua idade:

https://youtu.be/1pUXH1Bye88

Polêmicas a parte, em ‘Sem tempo para Morrer’ a produtora Barbara Broccoli insistiu que “o mundo ao redor de James Bond mudasse. A contratação de Phoebe Waller-Bridge para revisar o roteiro fez parte dessa mudança. O diretor completou:

A expectativa sempre foi essa: uma mulher escrevendo papéis femininos muito mais fortes. Barbara sempre quis isso, desde a primeira conversa que tivemos sobre o filme. Esta é a história de um homem branco sendo espião, mas você precisa ter consciência e fazer das mulheres na história algo mais do que apenas casualidades.

Mais notícias em breve!

você pode gostar também
Comentários