Crítica | Não Olhe Para Cima

Não Olhe Para Cima (Filme de 2021, da Netflix) conta a história de dois astrônomos que descobrem um cometa mortal vindo em direção à Terra, mas são totalmente descreditados quando tentam alertar a população sobre o perigo!

CONTÉM SPOILERS!

O elenco é incrível por si só: Meryl Streep, Leonardo DiCaprio, Jennifer Lawrence, Timothée Chalamet, Cate Blanchett… No filme, os personagens que se recusam a levar a ameaça a sério foram vistos como referências aos negacionistas que ignoram dados científicos sobre temas como a emergência climática e a pandemia de covid-19. Lembrando que o roteiro do filme começou a ser escrito 5 anos atrás, bem antes do início da pandemia.

O próprio elenco de Não Olhe Para Cima já confirmou que o filme é sobre quem ignora a ciência diante de catástrofes. O filme é uma grande comédia, com uma bem bolada sátira política.

O elenco incrível está ali apenas para tocar a história, onde dois astrônomos sérios (Leonardo DiCaprio e Jennifer Lawrence) tentam desesperadamente convencer seu governo, o povo e a mídia de que há um cometa voando em direção à Terra.

DiCaprio e Lawrence precisam ir até o limite de seus personagens para explicar o que é evidente. Os dois fazem isso muito bem, misturando raiva, humor e liberdade.

nao-olhe-para-cima-1

Não Olhe Para Cima mete o dedo na ferida e roda!

Em Não Olhe Para Cima, o diretor foca no absurdo e vai até o máximo até atingir totalmente seu objetivo. A obra, considerando os atores envolvidos tem forte teor ideológico, isso é claro do início ao fim.

Meryl Streep está ótima em sua versão Donald Trump, caricata ao extremo. Jonah Hill é o escudeiro, filho malcriado e chefe de gabinete.

A edição do filme é repleta de cortes rápidos, A montagem do filme é acelerada e dita o ritmo.

A sátira só não é maior porque nem todos ali no elenco principal são comediantes. mas o filme, parece uma grande esquete de Saturday Night Live, por exemplo. É cinema para assistir e se distrair. Deixe para tirar suas conclusões depois do fim.

nao-olhe-para-cima-2

Streep, Lawrence e Chalamet não tem essas habilidades para o humor. Jonah Hill, o único comediante do filme, dá um show. Já DiCaprio, consegue colocar seu personagem angústia, ansiedade e constrangimento num nível bem acima da média! Prevejo Globo de Ouro vindo por aí!

É uma sátira perfeita? Mesmo satirizando os “dois lados” não é. Exagera diversas vezes em militâncias e orientações políticas, descaradamente, sem deixar muito para o telespectador escolher seu lado ou interpretar por si só. Muitas pessoas adoram essa pegada, outras querem passar longe.

O final é cínico. Seco. Mais americano impossível. Não Olhe Para Cima se destaca por pegar o nosso cotidiano e esfregar na nossa cara.

O final, não poderia ser outro.

você pode gostar também
Comentários