Berserk terá continuação depois da morte de Miura

O mangá Berserk, que foi criado por Kentaro Miura, permanecerá sua serialização mesmo após a morte do criador. Entenda como

A editora japonesa Hakusensha informou, por meio de um comunicado, que o mangá Berserk, criado por Kentaro Miura, permanecerá sua serialização.

Leia mais: Conta oficial de One Piece anuncia hiato de um mês do mangá; entenda

A notícia foi dada depois de, aproximadamente, um ano desde o falecimento do autor no mês de maio de 2021, o que colocou um fim às dúvidas dos fãs em todo o mundo desde a publicação do capítulo 364, que foi o último produzido por Miura enquanto vivo.

Segundo o texto que foi divulgado antes de sua morte, Miura tinha conversas longas com um amigo e com o mangaká Kouji Mori sobre seus pensamentos e reflexões sobre a continuação da saga de Guts.

Miura também teve diálogos semelhantes com a equipe do Studio GaGa, que é composta pelos assistentes que trabalhavam com o autor.

O criador conversava com frequência com Mori também. O mesmo diz que sabe qual era o fim que ele pretendia dar para a história desde o final dos eventos do Eclipse, que encerraram o arco da “Era de Ouro”.

Segundo ele, Miura considerou a possibilidade de debater o final da produção por meio de uma entrevista e ilustrações, entretanto, desconsiderou as ideias por não achá-las boas a ponto de deixar o público satisfeito.

Pronunciamento de equipe Berserk

A equipe de Berserk fez um pronunciamento e afirmou que nada de diferente será criado para que a criação do mangaká seja mantida, em respeito ao seu projeto. Com este intuito, a obra será supervisionada por seu melhor amigo, Kouji Mori.

Além disso, a equipe também confirmou que o Arco da Ilha dos Elfos (onde o mangá parou) ganhará seis novos episódios e, posteriormente, será dada continuidade ao próximo arco, provavelmente, o último do projeto.

A partir da 13ª edição da Young Animal é que será possível ver a sequência de Berserk, a revista será publicada no Japão no dia 24 de junho e já conta com seis capítulos estruturados, além de um arco inédito.

Aqui no Brasil, a empresa responsável pela publicação do mangá é a Editora Panini.

você pode gostar também
Comentários