Anime traz discussão profunda sobre a masculinidade frágil

Dance Dance tem seus episódios lançados todos os sábados na Crunchyroll

O anime Dance Dance é uma das exceções no mundo da animação, visto que ele baseou toda a primeira temporada em uma história que traz um debate específico, e, dentro desse universo, poucos animes trazem discussões tão singulares desse tipo.

Leia mais: PUBG Mobile terá parceria com o anime Evangelion e o grupo K-pop

O artista George Asakura pegou todas as nuances da fragilidade masculina para aprofundar seu personagem principal, Junpei Murao que, na primeira temporada, vive o dilema entre honrar seu pai, que foi um grande lutador, ou seguir o seu sonho de ser um bailarino.

Cada episódio traz um ponto a se refletir sobre como as obrigações impostas aos homens influenciam suas escolhas durante a vida. Murao acaba tentando esconder de seus amigos que voltou a fazer balé pelos medos de ser julgado e rejeitado.

Por conta dessa situação, o jovem é obrigado a abandonar muitas coisas, como a amizade de Miyako, colega de balé, assim como as aulas de dança, além de deixar seu amigo de turma, Ruou, sofrer bullying.

Através de um texto delicado, George transforma seus pensamentos críticos em uma animação e leva a discussão do tema a outro nível de uma forma didática e divertida.

Através de uma animação como essa, a expectativa é que muitos jovens consigam se inspirar a ir atrás dos sonhos que tem, sem medo dos estereótipos, julgamentos ou possíveis rejeições, assim como separa quais atividades são para os homens e quais são para as mulheres.

Caso permaneça nesse caminho, o anime poderá ser tornar mais do que mais um entretenimento e sim, marcar uma geração através de seus ensinamentos.

Dance Dance tem seus episódios lançados todos os sábados na Crunchyroll.

você pode gostar também
Comentários