PE classifica usinas nucleares como fonte de energia sustentável

As fontes recebem, a partir de então, o selo verde, entendendo-as como importantes no processo de combate à crise climática iminente

Recentemente, ocorreu um importante acontecimento no cenário mundial para a crise climática que já começou. O Parlamento Europeu aprovou um novo conjunto de diretrizes que classificam usinas nucleares e gás como uma alternativa para o meio ambiente.

Leia mais: Tudo que você precisa saber sobre a série dos criadores de Dark, 1899 

O excesso de carbono na atmosfera prejudica a cadeia natural, causando perigosos desastres, que põem em risco o mundo todo. Na cinematografia, não faltam filmes, séries e até desenhos que fantasiam o apocalipse mundial.

Observamos as mais diversas narrativas para remontar o caos e a desordem humana em situações extremas, mas a verdade é que nossos piores pesadelos apocalípticos podem realmente acontecer, se os representantes mundiais não tomarem atitudes urgentes para reverter a crise.

O gás é um combustível fóssil, que também é responsável por emissões poluentes, contudo, em comparação com o carvão, é uma fonte de energia mais limpa. Já a energia nuclear não produz gases de CO2, contudo, emite resíduos radioativos.

A opinião se divide ao passo que, na verdade, usinas nucleares não são totalmente ‘’seguras’’, as unidades podem emitir materiais radioativos, exigindo severa capacitação engenheira e profissional, para evitar acidentes irreversíveis. Ambos devem ser usados em um esforço para os países da UE alcançarem a neutralidade de carbono até 2050.

A proposta de investimento em usinas de produção de energia “limpa” foi encaminhada à União, onde os estados-membros tomaram decisões importantes sobre as regras a serem aplicadas.

É importante ter em mente que não existe ainda uma fonte de energia 100% limpa que possa ser oferecida em grande escala e continuamente, é necessários outros esforços mundiais para evitar a crise climática, como o cuidado, respeito e a manutenção do meio ambiente.

você pode gostar também
Comentários