in ,

Mulher acusa Riot Games de basear personagem nela sem autorização

capa
capa

A Riot Games está sendo acusada de plagiar a imagem de uma mulher sem o seu consentimento para o jogo League of Legends.

A Riot revelou recentemente uma nova skin para um de seus jogos, League of Legends, e uma mulher da Califórnia afirma que a pele foi modelada nela sem sua permissão. Ela agora vai entrar com uma ação judicial contra a empresa.

A mulher, que se chama Stephanie, @Step_nie no Twitter, postou um tópico no Twitter, no qual ela dá detalhes do motivo dela achar que a skin “Seraphine”, foi baseada nela.

Pra quem não sabe o que é SKIN, é uma espécie de “pele” ou “cosmético (ou texturas) que os jogadores podem usar no jogo e mostrar aos outros jogadores quando escolhem um personagem”, explica Ana Valens do Daily Dot. Essas skins alteram a aparência dos personagens do jogo.

Riot Games

Aí começa a treta: Stephanie disse que teve um breve relacionamento com um funcionário da Riot Games, a quem ela chama de “John”, em 2019.

Durante o relacionamento que durou três meses, eles costumavam jogar League of Legends juntos, e ele até brincava sobre “fazer conteúdo baseado nela”.

O relacionamento terminou depois que ela expressou que sentia que ele estava “indo rápido demais”.

Porém, cerca de um ano depois, quando a nova skin de Seraphine foi anunciada, Stephanie disse que ficou surpresa ao ver como as características da skin eram muito parecidas com as suas.

Eu olhei mais em sua conta no Twitter e encontrei a arte, os esboços e os diários de Seraphine. Eu sou uma ilustradora e artista amadora, e me lembrei que na verdade mandei um pouco de arte para John. Minha arte é surpreendentemente semelhante à arte que Seraphine “faz” de si mesma e é postada em suas redes sociais. Tipo, muito parecida.

Stephanie também disse que compartilhou um ensaio que escreveu para a escola sobre Piltover e Zaun, lugares em League of Legends, com seu ex John e que ele, por sua vez, compartilhou seu trabalho com seus colegas na Riot Games. Detalhe: Seraphine é de Piltover e Zaun (regiões do jogo League of Legends).

Stephanie continua sua denúncia e afirma que algumas poses que Seraphine faz em fotos com seu gato são “assustadoramente” semelhantes às poses que ela faz com seu gato.

Muitos detalhes sobre Seraphine se alinham muito com fatos sobre mim: seu nome, seus desenhos, seu gato, muitas de suas fotos, a cor do cabelo, a cor dos olhos, o formato do rosto e até mesmo de onde ela é.

Riot Games

Stephanie também relatou que mandava diversas fotos com seu gato para o tal do ex e que nas artes oficiais da skin de Seraphine muitas delas são bem parecidas com as tais fotos.

Enquanto o caso de Stephanie segue judicialmente, o caso desperta os mais variados tipos de opiniões pela internet. Algumas pessoas acreditam que seja “acaso”, outras que a skin foi realmente baseada nela e que ela deve ir atrás de seus direitos de imagem.

Riot Games

O que diz a Riot Games?

Para complicar mais ainda a situação da Riot, um desenvolvedor do jogo usou sua conta no Twitter para postar que a skin “é baseada na minha pessoa favorita no mundo”.

Logo depois, a empresa assumiu publicamente que a skin em questão de Seraphine é baseada em alguém, porém que esse alguém é uma estrela do K-Pop. Depois mudaram a explicação e disseram que é baseada na esposa de um dos desenvolvedores do personagem.

Mais notícias em breve!

braco bionico mgs v 2

Metal Gear Solid V inspira empresa a lançar braço mecânico

capa indiana

Os maiores ABSURDOS nos grandes sucessos dos Anos 80