Entenda a relação construída por WandaVision e Doutor Estranho dentro do Multiverso

O que pode acontecer com esses dois poderosíssimos? Leia mais detalhes sobre a relação de Wanda e Strange

A relação dos dois foi exposta na segunda cena dos créditos de WandaVision, que a encontra em uma cabana, ambientando-se com o amaldiçoado livro de feitiços, no qual é conhecido como ‘‘The Darkhold’’.

Leia mais: Separamos os principais easter eggs de Doutor Estranho 2, veja

A melodia de Doutor Estranho, composta por Michael Giacchino, toca nas cenas de créditos, onde Agatha Harkness afirma abertamente, que o novo poder de Wanda irá colocá-la em um patamar mais alto.

Sobre destruir o mundo, a ação provavelmente irá preocupar alguns super-heróis, conhecidos de Wanda. Strange também abriu as páginas de livros poderosos antes de se sentir pronto, apenas por ser ambicioso demais, não percebendo as possíveis consequências de suas ações.

Além disso, titulado como ex-feiticeiro supremo, Strange se torna o único responsável por defender a lei natural. Porém, veio a desrespeitá-la com seu feitiço, resultando em uma nova lata de vermes. Na concepção de Wanda, essa ação faz com que Strange se torne um herói, e ela, a inimiga.

Vale ressaltar que o último momento em que se pode ouvir algo em WandaVision, é com o surgimento das vozes de seus filhos Tommy e Billy, os quais são gêmeos.

Na cena, os dois surgem pedindo ajuda, só que na verdade, eles não existem sendo somente uma visão, se transformando em um desejo profundo de Wanda, a fim de amenizar seus traumas.

Ademais, é nítido que Wanda ainda não superou a perda da família, porém, diante de tantos acontecimentos, Strange precisará de Wanda para enfrentar qualquer obstáculo a seguir, a favor de proteger o bem maior em comum, o mundo.

Por fim, as primeiras lições impostas a Strange é que qualquer ameaça existente ao multiverso, se torna a maior prioridade possível. O filme de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura ainda está nos cinemas!

você pode gostar também
Comentários