Como curar a arrogância do Doutor Estranho?

Doutor Estranho possui várias versões, mas dentro de todas elas, uma coisa se destaca: a sua arrogância. Confira!

Neste novo filme, são apresentadas diversas versões do nosso amado Stephen Strange, interpretado por Benedict Cumberbatch e, em cada uma delas, novas versões do personagem são conhecidas. Ao se deparar com estes “novos” perfis, uma coisa é perceptível: todos acabam sendo vencidos pela arrogância.

Leia mais: Doutor Estranho 2 atinge o 5º lugar de maior estreia do Brasil

E, como se não bastasse, a produção revela quem, de fato, é o maior inimigo de Stephen Strange: sua própria arrogância.

Confira a seguir um rápido resumo de duas versões apresentadas no longa:

O primeiro “Eu” alternativo de Sthepen é apresentado como Defender Strange, ele é representado por um visual vermelho e preto, o qual demonstra sua arrogância simplesmente ao pronunciar um par de frases, as quais haviam sido pronunciadas por ele mesmo em Vingadores: Guerra Infinita e Homem-Aranha: Sem Volta para Casa:

“No grande cálculo do multiverso, seu sacrifício é mais do que sua vida” e “Este é o único caminho”.

Seguindo o enredo, logo aparece outra versão, denominada Strange-838, o qual pertence ao universo da Terra-838. Neste universo, Strange desenvolveu uma sociedade secreta, a qual é responsável por tomar as atitudes difíceis que os demais heróis temem tomar.

No entanto, descobrem que Strange-838 lutou contra Thanos, mas acabou perdendo e sendo executado pelos iluminati, após fazer uso de uma magia sobrenatural do Darkhold, resultando em destruição completa do universo.

Sendo assim, ele acabou sendo morto por decorrência de sua arrogância, ao pensar ser o único capaz de saber o que era o correto fazer.

Se você quer conhecer as demais versões de Strange, sugerimos que dê uma conferida nesta incrível produção. Pegue sua pipoca, aperte o cinto e aproveite!

você pode gostar também
Comentários