Ana de Armas foi criticada pelo sotaque após lançamento de trailer

O filme Blonde, dirigido e roteirizado por Andrew Dominik é uma adaptação da obra literária homônima escrita por Joyce Carol Oates.

Ana de Armas, a atriz de origem cubana que interpretou Marilyn Monroe em Blonde (2022), foi alvo de críticas nas redes sociais por incorporar um forte sotaque em sua interpretação de Monroe, que era americana. Mas o espólio de Marilyn defendeu a atriz.

Leia mais: Netflix finalmente disponibiliza trailer de “Blonde”; Confira!

“Qualquer atriz que assume esse papel sabe que tem largos sapatos para calçar. Baseado apenas no trailer, nos parece que Ana foi uma ótima escolha de elenco, já que captura o glamour, a humanidade e a vulnerabilidade. Mal podemos esperar para ver esse filme em sua plenitude.”

“Marilyn Monroe é um ícone singular de Hollywood e da Cultura Pop que transcende gerações e a história”, afirma o CEO de Entretenimento, da Authentic Brands Group (ABG), Marc Rosen.

O filme Blonde, dirigido e roteirizado por Andrew Dominik é uma adaptação da obra literária homônima escrita por Joyce Carol Oates. O futuro longa se deterá a fazer uma releitura ficcional da vida do ícone americano.

Os produtores são Brad Pitt, Dede Gardner, Tracey Landon, Scott Robertson e Jeremy Kleiner. E o filme terá como elenco central Ana de Armas, Adrien Brody, Bobby Cannavale, Xavier Samuel, Evan Williams e Julianne Nicholson.

Primeiramente, previsto para 2021, Blonde foi adiado para 23 de setembro de 2022 no catálogo do streaming da Netflix. Além disso, o longa foi selecionado para exibição durante o Festival de Veneza previsto para acontecer entre os dias 31 de agosto e 10 de setembro em Veneza.

O ícone de Marilyn Monroe

Norma Jeane Mortenson se tornou uma estrela de cinema e símbolo sexual na Hollywood dos anos 1950. Depois de uma infância traumática, ela foi mundialmente famosa sob o pseudônimo de Marilyn Monroe.

Suas impecáveis aparições na tela de cinema contrastam fortemente com os problemas amorosos, exploração, abuso de poder e dependência de drogas que enfrentava em sua vida privada. A atriz, cantora e modelo morreu em circunstâncias misteriosas em 1962 aos 36 anos.

você pode gostar também
Comentários